Franck Caldeira treina em provas internacionais para brilhar no Brasil

Franck Caldeira treina em provas internacionais para brilhar no Brasil

Por Franck Caldeira - em 06 mar - Sessão clipping - com Nenhum comentário

Franck Caldeira treina em provas internacionais para brilhar no Brasil

FONTE: WEBRUN
Por Rafaela Castilho | 04/03/2013 – Atualizada às 16:45

franckDepois de sofrer uma pequena lesão na panturrilha, o corredor Franck Caldeira está aproveitando os treinos leves para definir seus próximos objetivos. Apesar de ainda não ter as provas anotadas no calendário, afirma: poderá representar o Brasil em grandes provas internacionais e lutar para ser medalhista nas Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro.

Depois de se distanciar um pouco dos holofotes, o maratonista afirmou que vai treinar disputando provas na Europa ao lado de atletas estrangeiros renomados e voltará a brilhar no palco nacional. “Eu fui medalhista na cidade maravilhosa nos Jogos Panamericanos e quero poder repetir esse feito”, garante.

Tropeço- Segundo o corredor, a carreira e o sonho de continuar representando seu país quase veio abaixo depois de fortes acontecimentos. “Meu psicológico ficou abalado entre 2009 e 2010, porque eu perdi meus pais nesse período de tempo. Não adianta nada estar com o físico preparado se minha mente não estava bem”, desabafa.

Depois de ajuda de amigos, treinadores e patrocinadores, Franck foi incentivado a voltar para as pistas e dar o melhor de si. “Quando os espectadores olham para a gente competindo não imaginam como é complicado o nosso dia-a-dia. Às vezes nós fracassamos e não conseguimos atingir o nosso objetivo. Por isso, meu pedido aos fãs do esporte é que nos momentos em que isso acontece, tenham paciência”, diz.

Uma marca que decidiu oferecer apoio para o corredor foi a Nissan, uma das patrocinadoras das Olimpíadas de 2016, que lhe deu um carro do modelo Livina X-Gear. “Tive que vender meu carro para poder pegar esse. Dá para ligar até quando se está fora do carro”, brinca.

Metas- Para o atleta, não existe uma meta para ser alcançada em 2013, pois essa está sendo mais uma etapa do seu treinamento. “O único objetivo que tem previsão para que aconteça neste ano é conseguir terminar a maratona em menos de 2h10. Se eu atingir o tempo de 2h09, estarei pronto”, determina.

Fases- Franck Caldeira já passou por diversas equipes e explica que todas o proporcionaram experiências e cada uma foi responsável por proporcionar um crescimento na sua carreira. Além disso, apesar das polêmicas envolvendo as equipes Pé de Vento e Cruzeiro, ele não tem do que reclamar de nenhuma delas.

Agora, ao lado de Ricardo D’Ângelo, o maratonista está mais focado em seu treino do que na divulgação do seu nome. “Minha vida se divide em momentos: no primeiro, estive ao lado de Henrique Viana na Pé de Vento e consegui resultados e superação. Em seguida, o Minardi, do Cruzeiro, me apresentou para o mundo e eu consegui aparecer. Agora, estou em um período de consciência, buscando meus resultados com mais responsabilidade”, conta.

O atleta também diz que a “blindagem” do treinador é intencional e que seu aparecimento na mídia virá como consequência. “Vanderlei Cordeiro era treinado pelo Ricardo também e só apareceu depois de disputar os Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, e garantir a terceira colocação. Antes disso, ele teve um grande treinamento e seu reconhecimento veio após sua conquista”, conclui.

Deixar uma Resposta

Nome *

Site